Abdominoplastia

 

 

Indicações:
– Excesso de pele e gordura na região anterior do abdome.

Pré-operatório:
– São solicitados ultrassonografia de abdome além de exames para assegurar tranquilidade no transcorrer do intra-operatorio, são eles: exame físico, exames laboratoriais, radiografias e exame cardiológico.
– Adquirir 2 cintas em tamanho adequado.
– Devem ser suspensos medicamentos que interfiram na coagulação sanguínea
– O médico deve ser avisado em caso de mal estar, gripe, febre ou outra condição anormal nos dias que antecedem a cirurgia
– O paciente deve internar em jejum de 8h e com um acompanhante
– Deve levar roupas de botão na frente ou ziper, de modo a não mobilizar os braços exageradamente
– Não utilizar maquiagem no dia da cirurgia e não comparecer de cabelos molhados

Anestesia:
Pode ser utilizada anestesia regional (peridural) associada a sedação, ou então, anestesia geral, dependendo do consenso entre o cirurgião, o anestesista e o paciente.

Intra-operatório:
A cirurgia tem um tempo aproximado de 2 horas
É realizado uma incisão arciforme no limite superior dos pêlos pubianos. A partir daí é descolada a pele e gordura até a região das costelas. É feito uma sutura para aproximar os músculos do abdome ( dando mais cintura), retirado o excesso de pele e gordura e reposicionada a cicatriz umbilical.
As vezes é necessário associar essa cirurgia à lipoaspiração, para um resultado mais harmonioso.
Quando o excesso de pele e gordura é extrema, principalmente em pós operatório de cirurgia bariátrica, a cicatriz necessária é maior, chamada em âncora ou “T” invertido.
Em todos os casos é colocado um dreno à vácuo para eliminar secreções, que é retirado, geralmente, em torno de 3-5 dias.

Pós-operatório:
– O tempo de internação, em geral, é de 24h.
– A dor pós-operatória costuma ser leve e controlável com analgésicos comuns
– Os pontos da cicatriz umbilical são retirados em torno de 15 dias, o restante não há necessidade de retirar, pois os fios utilizados são absorvíveis
– Proteção solar por 6 meses
– Usar cinta pós operatório por 3 meses
– As atividade cotidianas podem ser retomadas com 3 dias, entretanto, atividades físicas devem ser evitadas por 3 meses, e após reiniciadas, deve-se evitar contato com a área operarada.
– É recomendável a realização de drenagem linfática no pós operatório.

Resultado:
Após a retirada do dreno e sessões de drenagem linfática do abdome, o edema vai sendo reabsorvido, e em geral, em torno do 6º mês, o aspecto final é evidenciado. A cicatriz costuma, no início, ficar avermelhada e endurecida, mas com o passar dos meses, a cicatriz vai clareando e afinando, ficando discreta na altura do biquini.